0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×

Entenda em quais situações usar cada um.

  • Por que: Possui dois empregos diferentes.

Quando possui o sentido de “por qual razão: Ex.: Por que você não vai ao cinema?

Quando possuir o sentido de “pelo qual”: Ex.: Sei bem por que permaneceu naquele lugar.

 

  • Por quê: Utilizado no final de frases interrogativas.

Ex.: Você está atrasado, por que?

 

  • Porque: Usado em frases afirmativa, como conjunção, em explicativas ou causais.

Ex.: Faltei à aula porque estava doente.

  • Porquê: Quando for uma palavra com valor de substantivo.

Ex.: Não sei o porquê da sua raiva.

 

Resumindo:

Uso dos Porquês

Deixe seu comentário! :)

Comentários

Compartilhe Conhecimento:

Sobre o Autor

Professora Fabiana Romain

Formada em letras na USP. 7 anos de experiência em aulas particulares. Professora que se dedica exclusivamente ao apoio escolar, pré-vestibular e ensino personalizado, tem habilidade em identificar quais são as maiores dúvidas de cada aluno, fazendo um trabalho sempre muito eficiente. Durante a graduação, além de dar aulas de português, trabalhou como professora de inglês e coordenadora de uma escola. Se tornando uma professora completa, participou durante 3 anos de um reconhecido curso de redação pré-vestibular, passando a conhecer com detalhe as provas de redação dos principais vestibulares. Além de toda essa bagagem, tem um carisma ímpar e é muito organizada, se destacando como uma das principais professoras tutoras do Força.

mautic is open source marketing automation
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 LinkedIn 0 Email -- 0 Flares ×
%d blogueiros gostam disto: